O QUE É A PATINAGEM DE VELOCIDADE ?

 

A PATINAGEM DE VELOCIDADE

 

A Equipa Nacional de PV

 

 

História Breve da Patinagem de Velocidade 

As origens em Portugal da Patinagem de Velocidade reportam-se a meras actividades recreativas, o caso das gincanas em patins realizadas pela juventude e que nalguns eventos atingiu pontos altos de interesse, proporcionando espectáculos cheios de beleza, em particular tendo sido o sector feminino que mais mais empenho e que maior predominância exerceu nos festivais que então se realizavam com bastante frequência.

Nessa época nalgumas gincanas onde rapazes também actuavam eram efectuados saltos e provas de velocidade, com percursos mais ou menos longos, isto por volta de 1912.

Segundo refere a FPP no seu "site" e "Sobre a Modalidade" que citamos "...houve nas Corridas duas grandes fases que correspondem a acontecimentos marcantes na vida da modalidade. A primeira corresponde a uma época que vai desde o início, mais ou menos regular da prática da modalidade até ao ano de 1953, onde se atingiu um nível técnico razoável que permitiu estabelecer raizes profundas, adquirindo a vitalidade necessária para resistir ao intervalo que mediou entre a primeira e a segunda fase, intervalo esse que se pode definir entre 1953-54 e 1978. ..."

O reinício oficial da Patinagem de Velocidade ocorre em 1979, quando a Federação Portuguesa de Patinagem (FPP), liderada por José Castel-Branco, assim o decidiu, denominando-se então como "Corridas em Patins".

Esta decisão marca o início à segunda fase das Corridas em Patins, tendo sido atingido o seu momento áureo com o aparecimento dos patins em linha.

Referência "texto sobre a modalidade escrito pela FPP".

Informações adicionais